Criado em 17 de maio de 1996, o CBH‚ÄďALPA em seu processo de instala√ß√£o mobilizou lideran√ßas regionais, √≥rg√£os de estado, entidades da sociedade civil e munic√≠pios. Antes da Cria√ß√£o dos Comit√™s o gerenciamento da √°gua era feito de forma isolada por munic√≠pios e estado.

Desde a instala√ß√£o do CBH‚ÄďALPA verificamos que √© considerada uma Bacia de Conserva√ß√£o pelas suas caracter√≠sticas, al√©m de possuir importante acervo ambiental preservado. Disp√Ķe ainda de extraordin√°rio potencial agropecu√°rio, tur√≠stico, h√≠drico e energ√©tico.

Para manter a qualidade das √°guas e a abundante disponibilidade, o CBH tem seguido as metas observadas no Plano de Bacia. A qualidade das √°guas √© considerada muito boa, com alta concentra√ß√£o de OD e √≠ndice muito baixo de poluentes. O Projeto √Āgua Limpa/DAEE tamb√©m est√° inserido na Bacia, onde at√© atual data foram entregues 03 Sistemas de Tratamento de Efluentes Dom√©sticos, sendo nos munic√≠pios n√£o operados pela Sabesp. A Sabesp opera atualmente 88 % dos munic√≠pios da Bacia. Um reflexo dessas parcerias √© o Ribeir√£o Ponte Alta pela legisla√ß√£o atual √© enquadrado como classe 4 e devido aos cuidados empregados no tratamento de efluentes, hoje ele est√° considerado quimicamente pela Cetesb como classe 3.

Plano de Saneamento dos munic√≠pios com autarquias municipais est√£o sendo implantados nos munic√≠pios de Manduri, Ipaussu e Tejup√°. Nos munic√≠pios de Cerqueira Cesar, Guapiara e Ipaussu foram implantadas obras de esta√ß√Ķes elevat√≥rias de esgoto.

Quanto ao monitoramento de quantidade de √°gua o CBH‚ÄďALPA atrav√©s de parceria com Associa√ß√Ķes e Cooperativas, com projetos financiados pelo FEHIDRO, est√° instalando equipamentos para o monitoramento das tr√™s principais Sub‚ÄďBacias de Uso Agr√≠cola na Regi√£o, o Ribeir√£o dos Carrapatos, Ribeir√£o das Posses e Ribeir√£o Santa Helena, que possui alto grau de uso agr√≠cola em irriga√ß√£o, ap√≥s o fim desses monitoramentos e estudos, o mesmo ser√° utilizado para acompanhar o atual estado dos recursos h√≠dricos.

Quanto √† forma√ß√£o dos t√©cnicos da Bacia, o CBH‚ÄďALPA, em parceria com a Universidade Estadual Paulista ‚Äď UNESP, campus de Ourinhos e financiado pelo FEHIDRO, disponibilizou o Curso de Especializa√ß√£o em Gerenciamento de Recursos H√≠dricos e Planejamento Ambiental em Bacias Hidrogr√°ficas, com total de 50 Vagas, o curso esta previsto para termino em 2012.

PARCERIAS COM A INICIATIVA PRIVADA J√Ā VEM DE LONGA DATA NO COMIT√ä, DENTRE OS CURSOS E SEMIN√ĀRIOS MAIS SIGNIFICATIVOS TEMOS:

A manuten√ß√£o e recupera√ß√£o da Mata Ciliar √© importante para manter a quantidade e qualidade de √°gua e evitar o assoreamento dos cursos d‚Äô√°gua, o munic√≠pio de Ita√≠ implantou o projeto ‚ÄúMapeamento e recupera√ß√£o da Mata Ciliar a Bacia do Carrapatos‚ÄĚ projeto financiado pelo FEHIDRO e com parceria do CBH‚ÄďALPA.

Para avan√ßar no combate a inunda√ß√Ķes, os planos de macro drenagem s√£o obrigat√≥rios para que se desenvolva qualquer obra de infra‚Äďestrutura de drenagem nos munic√≠pios e, para tanto, atrav√©s do incentivo do Comit√™, e a maioria financiada pelo FEHIDRO, trinta munic√≠pios j√° t√™m seus respectivos planos aprovados ou contratados.

Projetos significativos de controle à erosão urbana: um dos principais problemas do Alto Paranapanema são as voçorocas, onde as mesmas estão sendo controladas através da implantação de galerias, protegendo os mananciais e diminuindo o assoreamento nos rios, o projeto foi implantado em dezessete municípios, previsto para aumentar nos próximos anos.

Foram realizadas obras de revitaliza√ß√£o dos corpos de √°gua, controle de enchentes e melhoramento da malha vi√°ria rural, promovendo melhores condi√ß√Ķes de sa√ļde e proporcionando novas √°reas de lazer para a popula√ß√£o.


Plano de Bacia Hidrogr√°fica do Alto Paranapanema

√Ārea

22.738 km²

População Atual (Seade 2010)

755.962

Municípios

34

Densidade Demográfica Média (hab/Km²;)

36,51

Taxa de urbanização (%)

80,52

Disponibilidade H√≠drica "per Capta"; (m¬≥/hab¬ļano)

11.889

Sede Secretaria Executiva

Piraju

Data Instalação

17/05/1996

Composição da Plenária Composição ( Representaçao por Segmento)

10 Estados,10 Municípios e 10 Sociedade Civil

Municípios de maior População

Itapetininga, Itapeva, Capão Bonito e Itararé

Principais Municípios com atividades Industriais

Itapetininga, Itapeva

Principais Municípios com Atividades Minerais

Itapeva, Capão Bonito, Itararé, Nova Campina

Principais Municípios com Atividades Rurais (Irrigação de Grãos)

Itapeva, Itaí, Paranapanema e Itapetininga

Principais Municípios com Atividades de Reflorestamento

Parte Sul da Bacia

Rios: Da margem direita: Itapetininga e Turvo; os da margem esquerda s√£o: rios Itarar√©, Taquari, Apia√≠-a√ßu e das Almas. O rio Itararé faz divisa com o Estado do Paran√°.
Aquíferos: Os principais aquíferos da UGRHI são: Serra Geral, Guarani e o Tubarão.